Notícias
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Mercado imobiliário do Porto em destaque no New York Times

Mercado imobiliário do Porto em destaque no New York Times

17 mai 2016
Mercado imobiliário do Porto em destaque no New York Times
O mercado imobiliário do Porto está em destaque no New York Times. O jornal destaca a expansão do turismo, preços competitivos e vantagens fiscais para investidores estrangeiros que comprem casa no Norte de Portugal.

O mercado imobiliário do Porto está em destaque no New York Times. O jornal destaca a expansão do turismo, preços competitivos e vantagens fiscais para investidores estrangeiros que comprem casa no Norte de Portugal.

De acordo com o jornalista Alison Gregor, os preços das casas no norte de Portugal caíram cerca de 35% após a crise imobiliária global de 2008, mas nos últimos três ou quatro anos, os preços mantiveram-se estáveis, e o número de vendas tem vindo a crescer. André Borges, da Sotheby's International Realty do Porto, questionado pelo jornal nova iorquino, indicou ainda que em algumas áreas do Porto, tem se verificado uma subida nos preços, por isso há uma tendência a ter preços mais altos agora do que há um ano, especialmente na baixa do Porto, na zona da Foz.

O artigo faz ainda menção ao facto de Portugal estar actualmente a atravessar níveis muito elevados de turismo, que muitas vezes se traduzem em vendas de casas a estrangeiros. Também Greg Boegner, fundador de do site PortugalConfidential.com, referiu no artigo que o Porto em particular tem seduzido muitos estrangeiros, incluindo americanos, atraídos pela sua cultura e estilo de vida. 

Os estrangeiros que compram casa no Norte tendem a se concentrar no Porto, mas se procuram grandes propriedades, vinhas ou quintas para converter em hotéis, olham para outras partes do norte de Portugal, refere André Borges. Aqueles que procuram moradias, apartamentos ou condomínios em Porto geralmente escolhem a Foz ou vão para o centro, que está em fase de requalificação urbana.

Triângulo Dourado

"O chamado 'Triângulo Dourado' no Porto, delimitado pela Avenida do Brasil, Avenida da Boavista e Avenida do Marechal Gomes da Costa, é considerado de luxo e atrai tanto os compradores de casa portugueses, como estrangeiros ricos", revela o consultor português.

Os preços para as casas no norte de Portugal, que normalmente atraem compradores estrangeiros variam entre os 3.000 e 5.000 euros por metro quadrado. As melhores casas em Porto com vista para o mar pode custar até 6.000 euros por metro quadrado.

Os benefícios fiscais atractivos

Os benefícios fiscais no âmbito dos programa de Residentes não Habituais, é um dos factores que atraem investidores para o norte de Portugal a partir de países como a França e Bélgica. Outros compradores são provenientes do Brasil, Inglaterra e Espanha. "Os americanos estão descobrindo Portugal também", refere André Costa.

Os Golden Visa também têm vindo a alimentar o mercado imobiliário, com Oriente Médio, China e alguns compradores brasileiros.

Segundo o artigo desenvolvido pelo New York Times, não há restrições sobre os compradores de casa estrangeiros em Portugal. Os agentes imobiliários normalmente recomendam que para quem pretende comprar casa tem de dispor ainda de cerca de 7% para taxas de transacção, incluindo imposto de selo, transferência de impostos e custos notariais, em casas de mais 550,836 euros. Referindo também que não é necessário recorrer a advogado desde que trabalhem com uma agência imobiliária. Os advogados geralmente cobram cerca de 1% do preço de compra da propriedade, embora a taxa é negociável. Normalmente, o vendedor da casa paga a taxa ao agente imobiliário, de 4 a 6%.

O jornalista termina o artigo referindo que os bancos portugueses oferecem hipotecas competitivas a não residentes, mas normalmente emprestam apenas cerca de 50 a 60% do valor do imóvel.
 

in Diário Imobiliário.pt

Veja Também